Cartografia criativa #1

Os mapas, sem dúvida, mudaram o mundo como objetos de arte e ferramentas de poder político. Eles nos ajudam a entender o tempo e a dar sentido ao universo. No seu mais bonito, eles refletem um nível de subjetividade impressionante.

Uma série de 8 livros (aqui 4 livros, no post Cartografia Criativa #2 mais 4) apresentam :

Um mapa do mundo de acordo com ilustradores e contadores de histórias (Editora Gestalten). O livro contém mais de 500 mapas feitos por artistas, ilustradores, e desenhadores que representam o “estado da arte” da moderna cartografia criativa em todo o mundo, que vai desde o surpreendentemente preciso e detalhado até o maravilhosamente abstrato e utópico.

gestalten_livro

gestalten_maps7gestalten_maps8

gestalten_maps13

You Are Here: Personal Geographies and Other Maps of the Imagination de Katharine A Harmon (New York: Princeton Architectural Press, 2004). É um belo e meditativo compêndio de mapas e reflexões em mapas explorando, em termos mais amplos possíveis, a condição humana. Dividido em três seções – Geografia Pessoal, Em Casa no Mundo e Reinos da Fantasia – o livro apresenta 50 ilustrações cartográficas coloridas e 50 em preto e branco, que vão desde um humorístico atlas diplomático da Europa e Ásia a uma vista canina do mundo. Uma seleção de diversos ensaios, do acadêmico ao pessoal ao humorístico, contextualiza os mapas dentro da narrativa conceitual maior explorando a compulsão da humanidade para mapear e traçar seu lugar no universo.

cartografiayou01cartografiayou02cartografiayou03

An Atlas of Radical Cartography de Alexis  e Lize Mogel (editores) (Los Angeles : Journal of Aesthetics & Protest Press, 2007). É tanto sobre a arte da cartografia quanto sobre o ativismo social, juntando artistas, designers, arquitetos, urbanistas e instituições culturais em um volume ambicioso que explora mapear projetos relacionados a justiça social, globalização, energia, direitos humanos e entre outros assuntos. Ele apresenta 10 mapas, desde assentamento de terras marginais em Calcutá ao ciclo da água de Los Angeles, de 10 artistas diferentes, ao lado de 10 ensaios sobre questões sociopolíticas examinadas através do prisma da cartografia.

cartografiaradical01cartografiaradical02

Cartographies of Time: A History of the Timeline de Anthony Grafton e Daniel Rosenberg (New York: Princeton Architectural Press, 2010). Desde a antiguidade, a humanidade tem um fascínio contínuo com a natureza do tempo, lutando não só para compreendê-lo, mas também para visualizá-lo e assim torná-lo mais tangível, mais compreensível. O livro traça a história das representações gráficas do tempo na Europa e nos Estados Unidos desde 1450 até o presente. A maravilhosa e ricamente ilustrada coleção de cronogramas apresenta tudo, desde manuscritos medievais até sites.

cartografiatime01

cartografiatime02cartografiatime03

Mais informações

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s