Cartografia criativa #2

Os mapas, sem dúvida, mudaram o mundo como objetos de arte e ferramentas de poder político. Eles nos ajudam a entender o tempo e a dar sentido ao universo. No seu mais bonito, eles refletem um nível de subjetividade impressionante.

Uma série de 8 livros (aqui 4 livros, no post Cartografia Criativa #1 mais 4) apresentam :

The Map as Art: Contemporary Artists Explore Cartography de Katharine A Harmon e Gayle Clemans (New York: Princeton Architectural Press, 2009). Com 360 criações coloridas de artistas conhecidos e experientes como Maira Kalman, Paula Scher e Olaful Eliasson, o livro traz ainda ensaios que complementam os mapas, além do processo criativo desses artistas cartográficos.

cartografiamapasart01cartografiamapasart02cartografiamapasart03

From Here to There: A Curious Collection from the Hand Drawn Map Association de Kris Harzinski e Hand Drawn Map Association (New York: Princeton Architectural Press, 2010). Uma curiosa coleção da Hand Drawn Map Association (um arquivo de mapas, diagramas e outras ilustrações espaciais enviados pelos usuários) é exatamente o que promete – uma deliciosa antologia de documentos efêmeros que dão direção, de doodles peculiares a desenhos notavelmente detalhados em qualquer coisa, desde parques de skate de Dallas até turistas questionáveis Rotas nas montanhas da Bulgária. Excêntrico, mas modesto, From Here to There oferece um tratamento visual encantador e, no processo, revela lascas fascinante de histórias humanas.

cartografiahere01IMG_2310-1IMG_2313-2

Strange Maps: An Atlas of Cartographic Curiosities de Frank Jacobs (New York: Viking Studio, 2009). Com base no blog de mesmo nome (Strange Maps), o livro apresenta 138 dos mapas mais fascinantes e notáveis do blog de abarca um mundo esquecido ou pouco conhecido, e tesouros cartográficos. Desde o mundo como descrito em 1984 por George Orwell a um mapa colorido da utopia de Thomas More, o livro está repleto de anedotas inestimáveis da nossa concepção coletiva de “o mundo ao longo dos séculos”.

cartografiastrange00cartografiastrange01cartografiastrange02

Maps of the Imagination: The Writer as Cartographer de Peter Turchi (San Antonio: Trinity University Press, 2004). Em um nível mais fundamental, os mapas são histórias visuais sobre o mundo – sobre o que existe nele, o que nele importa e o que pertencemos em relação a ele. Neste livro o autor explora como alguns dos maiores escritores/contadores de histórias empregaram mapas como dispositivos narrativos, revelando algumas semelhanças notáveis entre a cartografia, tradicionalmente percebida como uma ciência analítica, e a arte da ficção. De Herman Melville (Moby Dick) a Vladimir Nabokov (Lolita), de Robert Stevenson (Treasure Island) aos irmãos Marx, o livro caracteriza centenas de ilustrações extraordinárias de e sobre obras icônicas da literatura.

cartografiaimagination01

cartografiaimagination02cartografiaimagination03

Mais informações

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s