DGA#3 – Arts and Crafts

Série de posts sobre Design Gráfico Ambiental – DGA apresentando momentos, no decorrer da história do Séc. XX, do diálogo entre as áreas de Design Gráfico e Arquitetura. Conteúdo inspirado no livro Graphic Design + Architecture de Richard Poulin.

O MOVIMENTO ARTS AND CRAFTS

Com o objetivo de elevar as artes aplicadas ao mesmo nível das artes plásticas aos olhos do público, o designer têxtil, artista, escritor e teórico William Morris liderou o movimento Arts and Crafts no Reino Unido. O movimento queria que o artesanato tradicional, o trabalho manual artístico e mais refinado, fosse mais celebrado e mais bem visto pelo público. O movimento foi muito bem sucedido e, entre outras áreas, teve presença nas construções arquitetônicas, onde as fachadas foram construídas com muitos detalhes e ornamentos, como alto relevo, aplicação de azulejos e revestimentos cerâmicos. Um exemplo é a fachada do Green Dragon Hotel (imagem), com a implementação de uma tipografia ornamental comunicando os serviços e ofertas do estabelecimento comercial.

greendragon

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s